Michael Grecco

Michael Grecco nasceu em 1958 em Nova York. Começou a fotografar aos 12 anos, quando ganhou sua primeira câmera. Graduou-se em cinema e fotografia pela Boston University‘s School of Communications e, enquanto ainda era estudante universitário, começou a trabalhar como freelancer para a  Associated Press como fotojornalista. Em 1992, passou a trabalhar como fotógrafo editorial para diversas revistas como Time, Newsweek, Esquire, Vanity Fair, Forbes e Rolling Stone, lançando-se como o icônico retratista de celebridades que é conhecido hoje. 

Suas imagens são aclamadas por ressaltar as nuances dos rostos mais conhecidos da mídia, tornando-os ainda mais intrigantes e revigorados. Seu estilo inconfundível e sua excepcional capacidade de manipulação da luz atiçam a imaginação e fazem de suas fotografias extraordinariamente cativantes. Em suas palavras: “Para mim, a criação de fotografias dramáticas é sobre estar ligado com a minha intuição emocional; mas contando com isso, a técnica é o que me leva a criá-la” 

Michael Grecco é autor dos livros The Art of Portrait Photography: creative lighting techniques and strategies (2000), Lighting and the Dramatic Portrait: the art of celebrity and editorial photography (2006) e Naked Ambition: an R rated look at an X rated industry (2007). Recebeu diversos prêmios como o Hasselblad Masters Award em 2001, Prix Photographie Paris em 2011 pelos retratos de Steve Martin e Martin Scorsese e a nomeação de Professional Leadership Award do United Nations International Photographic Council. 

Em 2017, a Leica Gallery São Paulo o recebeu para a exposição Icons composta por fotos e vídeos icônicos de celebridades como Quentin Tarantino, Martin Scorsese, Johnny Cash, Kanye West, Joaquin Phoenix, Penélope Cruz, e outras figuras emblemáticas de Hollywood.